domingo, 9 de dezembro de 2018

Frango a Kiev




















Comece com bifes de peito de frango, bata até ficarem fininhos e com a espessura homogênea.
Tempere com sal e pimenta do reino.
Faça um sanduíche recheado com uma fatia de presunto e uma de queijo, use mozarela ou o queijo tiver ou que preferir.
Passe na farinha de trigo, no ovo batido com uma gota d'água sal e pimenta, depois na farinha de rosca ou num pão velho batido, quero dizer, ligeiramente ralado no liquidificador.
Doure os dois lados numa mistura de manteiga e óleo de oliva, cuidado queima rapidinho.
Leve ao forno por 10 a 15 minutos.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Camarão & Moranga




















Corte a moranga ou abóbora em cubinhos, refogue na manteiga até pegar uma corzinha e começar a amolecer, junte um pouco mais de manteiga e os camarões bem escorridos.
Tempere com sal, pimenta do reino e cúrcuma, se gostar.
Deixe refogar por 90 segundos em fogo forte, mexa os cubinhos de abóbora e vire os camarões, deixe mais 60 segundos, junte creme de leite fresco e salsinha picada, mexa até o creme se incorporar e ferver, uns 30 segundos. Tá pronto! 

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Berinjela Recheada




















Ingredientes (para 2 porções)
1 berinjela de média para grande.
250 g de patinho ou alcatra moído.
1 tomate pequeno sem semente, picado.
2 dentes de alho picadinhos.
4 fatias de mozarela
25 g de queijo parmesão
1 colher de sopa de azeite
Sal, orégano, pimenta do reino e vermelha a gosto.

Lave a berinjela, tire a parte verde, corte no meio, tire uma pequena fatia nas costas de cada metade para que se apoie menor, retire a polpa e pique, cuidado para não furar a casca.

Comece refogando bem a carne moída no azeite, junte o alho, o tomate e a berinjela. Junte os temperos e um pouco d’agua.

Se gostar junte caldo de carne, cuidado com o sal, eu prefiro usar um pouco de Cúrcuma.

Coloque as duas metades na panela, boca para baixo, tampe e cozinhe até a carne ficar macia. Vá juntando água, se necessário, e tome cuidado para não grudar no fundo nem quebrar as metades da berinjela.

Numa assadeira coberta com papel alumínio, para facilitar a limpeza ou numa forma bonita, se preferir, comece com as duas metades, um pouco de sal, azeite e parmesão sobre elas, divida o molho entre as duas, cubra com a mozarela e acabe com mais parmesão e um fio de azeite.

Forno a 180°C até dourar, uns 20 minutos.
Bom apetite.


sábado, 6 de janeiro de 2018

Bolinhos de Arroz





















Bolinhos de Arroz
Ingredientes
2 xicaras de arroz bem cozido
1 xicara de salsinha e cebolinha bem picadinha
1 xicara de farinha de rosca
Sal, pimenta do reino, cúrcuma e pimenta vermelha a gosto.
2 gemas
2 claras em batidas em neve
Misture muito bem todos os ingredientes, deixando ½ da farinha de rosca e as claras.
Incorpore as claras batidas com cuidado mexendo de leve com uma colher.
Se ficar muito mole acrescente mais um pouco de farinha de rosca.
Molde os bolinhos com auxilio de 2 colheres de sopa, uma raspando o fundo da outra, (como quenelles) e vá jogando direto no óleo quente. Frite até dourarem.
Escorra, seque no papel toalha, verifique o sal e bom apetite!


Rice dumplings
Ingredients
2 well-cooked rice cups
1 cup of parsley and finely chopped spring onion
1 cup breadcrumbs
Salt, black pepper, turmeric and red pepper to taste.
2 gems
2 egg whites in snow
Mix all ingredients very well, leaving ½ of the flour and egg whites.
Incorporate the beaten whites carefully gently stirring with a spoon.
If it gets too soft add some more breadcrumbs.
Mold the dumplings with the aid of 2 tablespoons, one scraping the bottom of the other, (like quenelles) and go straight into the hot oil. Fry until golden brown.

Drain, dry on paper towel, check salt and good appetite!

sábado, 13 de maio de 2017

Cachorro-quente-quente das “Lojas Americanas”




















Refogue, rapidamente, no azeite, um dentinho de alho, uma cebola, um tomate sem sementes, um pedaço de pimentão, pimenta dedo de moça, tudo fatiado fininho. 

Acrescente um colher de vinagre, 2 de polpa de tomate. Junte 2 salchichas de boa qualidade, um pouco de água fervendo. Sal, pimenta do reino. Tampe, cozinhe até as salchichas estufarem.


Enquanto isto corte 2 pães próprios, se forem muito massudos, descarte uma fatia do miolo, aqueça no forno e acrescente mostarda amarela.


Controle a água do molho, enquanto cozinha, para não secar e chegar ao fim molhadinho, mas não líquido, ainda pedaçudo, coloque salsinha picada.


Abra as salsichas ao meio, coloque sobre o pão, acrescente a metade do molho em cada sanduíche. Cubra com a outra metade do pão e volte a ser criança!

domingo, 22 de janeiro de 2017

Arroz com Tudo




















Morava em Ilhabela.
Naqueles domingos pachorrentos, fora da temporada, um grupo de amigos, às vezes, invadia minha casa aos gritos de “Arroz com Tudo”! “Arroz com Tudo”!

Fiz a primeira vez quando voltamos de uma pescaria frustrada. Refoguei tudo que tinha na geladeira e cozinhei com arroz caldo e temperos, com aquela fome, foi um sucesso, parecia uma “paeja”, pegou.
Traziam bebida para uma semana e ameaçavam não sair antes de comer.
Parecia que estavam me torturando, eu me fazia de difícil, qual o que!
Aquilo me enchia de alegria, mal sabiam eles que a base já estava sempre pronta, congelada, esperando por eles. Tantas vezes já me convidaram antes, que prazer retribuir!

Meu freezer sempre tinha peixe, frutos do mar, mas o verdadeiro segredo é o caldo de frango, a base. A gelatina vai amanteigar o arroz, vai dar o sabor de base.
Panela de pressão, coxas ou sobrecoxas de frango, com pele, cebola, alho, salsão, salsinha, louro, sal, pimenta, açafrão da terra, as verduras que você tiver e gostar, aproveitaremos só o caldo e as carnes. Se preferir prepare antes ou mesmo congele, para quando for invadido.

Refogue o que você tiver na mão, umas linguiças picadas, restos de porco ou carne, assados ou cozidos, lulas, camarões, peixe, muito alho picadinho e o arroz, se já vier lavado, vai direto do pacotinho para a panela, junte a carne do frango cozida e o caldo. Acerte o sal, a pimenta, cozinhe por 15 minutos, deixe repousar por ½ hora.


Se os convidados estivem bêbados, fica mais fácil!

sábado, 21 de janeiro de 2017

Biscoito de Polvilho




















150 g polvilho azedo
100 g polvilho doce
50 g óleo de coco (ou o que você preferir)
Uma pitada de açúcar mascavo
8 g de sal (3/4 colher de sopa rasa)
125 ml de agua fervendo
2 ovos inteiros.

Pré-aqueça o forno a 220 C.

Coloque o polvilho, o sal, o açúcar e óleo no processador ou numa tigela, misture grosseiramente.

Espalhe a agua fervendo sobre a mistura e deixe esfriar pouco, misture um pouco mais, acrescente os ovos, bata muito bem.

A consistência deve ser um pouco mais firme que uma massa de bolo, mais mole do que de pão. Se preciso acrescente um pouco mais de água ou polvilho para ajustar.

 Use um saco de confeiteiro ou saquinho plástico com um canto cortado para moldar os biscoitos sobre uma assadeira levemente untada.

Coloque no forno e baixe a temperatura para 180 C, asse até começar a aloirar, entre 20 e 30 minutos.


Excelente para curar dor de barriga!